Desça para descobrir
Voltar para Home

ZMOT é praticado diariamente pelo consumidor online

 26/05/2020


Você já deve ter ouvido falar que a internet transformou o consumo das pessoas, não é mesmo?  De fato, hoje é muito mais fácil ter acesso a informações, comparar preços e ver opiniões sobre um produto ou serviço. O que você talvez não saiba é que a sigla ZMOT desvenda o processo de tomada de decisão na internet. Dessa forma, o conceito do ZMOT revoluciona a maneira de se fazer marketing.

Estudos revelam que os fundamentos do ZMOT são praticados diariamente pelos consumidores online, de maneira estruturada:

  • Pesquisando um assunto no Google.
  • Buscando detalhes e especificações de um produto.
  • Lendo reviews (análises) de outras pessoas sobre uma empresa ou serviço.
  • Comparando preços em sites específicos.
  • Procurando um cupom de desconto para finalizar uma compra, etc.

Diferente das gerações passadas, atualmente existem formas de decidir pela compra de um produto. Anos atrás, o poder de compra era limitado, e as experiências de compra se davam pelas indicações de amigos e parentes. Em função da diversidade de informações e facilidade de acesso, o comportamento do consumidor mudou e o processo de compra se transformou.

A teoria do ZMOT vai muito além das lojas físicas voltadas ao consumidor, ela também se aplica a:

  • setores B2B (empresa a empresa);
  • setores B2C (empresa ao consumidor);
  • áreas como educação, cursos à distância e até mesmo política.

Pensando nessa pluralidade, o marketing digital tem se especializado nas interações com os possíveis clientes ainda no momento de decisão da compra, ao invés de criar campanhas genéricas para atingir um grande número de pessoas.

 

Você sabe quais estratégias aplicar com o ZMOT?

Para responder essa pergunta é preciso destacar que o ZMOT é fundamentado em pilares. Eles explicam como os consumidores tomam suas decisões durante o processo de compra. 

Portanto, se você entende os pilares do ZMOT, também poderá saber exatamente o que é importante na jornada de compra do consumidor. Ainda é possível identificar como ele se informa e quais fatores o levam a decidir por um produto ou outro. Com isso, basta ajustar sua comunicação e entregar a informação certa no momento certo.

A estratégia do ZMOT

Quando os usuários fazem pesquisas na internet, a tendência é clicar no primeiro link que o site de buscas apresenta. Isso virou um sinônimo de confiança em relação à qualidade do termo buscado. 

Atualmente, o Google representa 90% de todas as buscas realizadas na internet. Além disso, segundo um estudo, o primeiro lugar nas buscas do Google ganha em média 21% dos cliques. Enquanto isso, o segundo ganha 10% e o terceiro só 7%. 

Conforme apresentado pelo Google no estudo sobre o ZMOT, dentre os americanos, até 70% disseram ler análises antes de concluir uma compra.

Sabe-se que, o ranqueamento em mecanismos de busca faz com que, de maneira estratégica, o seu site apareça entre os primeiros resultados e possa alcançar o público correto.

Dessa forma, utilizar as melhores estratégias de marketing digital pode ser fundamental para ranquear melhor na plataforma. 

Devo comparar produtos e serviços?

Outro ponto a ser considerado para a tomada de decisão durante a jornada de compra está na comparação das opções apresentadas. 

Com tantas informações disponíveis, a dúvida não está no que comprar, mas sim em qual a melhor opção. Afinal, o preço é sempre um fator importante, mas nem sempre é decisivo.

Por isso, existem diversos sites que fornecem a comparação entre produtos de várias formas. Essa comparação pode ser entre diferentes versões de um mesmo produto, de concorrentes ou de mercadorias semelhantes.

Uma vez que você ajuda o consumidor a entender a melhor opção para ele, acaba oferecendo uma melhor experiência. 

Avaliações e feedback dos consumidores são relevantes? 

Nesse cenário, uma maneira de atestar a reputação de um produto ou serviço é analisando comentários, avaliações e reviews de outras pessoas. Esses mecanismos mostram experiências positivas e negativas de pessoas reais que passaram por uma experiência similar.

As avaliações podem ser feitas no próprio e-commerce, em redes sociais ou por portais específicos, como o Reclame Aqui. 

A importância desse pilar de estratégia é tanta que os dados apontam que quase metade dos consumidores costumam deixar comentários sobre suas experiências.

Nesse sentido, ter avaliações positivas causam uma boa impressão nas pessoas que consideram realizar uma compra. Quanto mais clientes falarem bem do seu produto ou serviço, maiores as chances de conquistar consumidores. 

Cupom de desconto, é vantajoso?

Chegou a hora de comprar. As estatísticas comprovam o quanto é atrativo oferecer vantagens para atrair novos clientes e fidelizar aqueles que já o conhecem. Estima-se que pelo menos 28% dos consumidores que compraram pela internet no último ano usaram sites e aplicativos de descontos.

Somando esse pilar com as ações de marketing que envolvem programas de fidelidade e clube de vantagens. Essas estratégias têm como objetivo proporcionar a um grupo selecionado de clientes uma série de benefícios definidos pela empresa. 

Devo ficar de olho no ZMOT?

O ZMOT ocorre porque os consumidores modernos querem informações de fontes confiáveis antes de decidir o que comprar. 

Dessa forma, quando chega o momento de efetivar a compra, o consumidor já está com boa parte da decisão tomada. 

Essa mudança altera a lógica do marketing e vendas, onde o consumidor era passivo e apenas recebia as mensagens das marcas. Agora, o cliente está mais ativo e vai atrás das informações que quer, quando quer e nos canais em que confia.

Com essa mudança cabe às empresas tomarem atitudes para dialogarem com o consumidor durante esse momento de decisão. Afinal, quem fica de fora do ZMOT, pode abrir espaço para a concorrência.

Mas, quem vende pela internet também deve estar atento a outros fatores que podem influenciar no processo de compra. O design, o carregamento da página, a comunicação de um site e até os meios de pagamento ofertados podem influenciar nisto.