WhatsApp explica por que não entrega os dados que a polícia brasileira pede

WhatsApp explica por que não entrega os dados que a polícia brasileira pede

WhatsApp explica por que não entrega os dados que a polícia brasileira pede

Nos últimos tempos o WhatsApp e a justiça brasileira estão com muitos desentendimentos, chegando até ser banido por algumas horas no país no final do ano passado. Na semana passada, o vice-presidente do Facebook (empresa dona do WhatsApp), Diego Dzodan, foi preso pela polícia federal, justamente por não colaborar em investigações policiais.

O aplicativo não está fornecendo informações solicitadas por autoridades e isso vem causando atritos, levando a estas atitudes extremas de juízes. Mas afinal de contas, por que o WhatasApp não colabora? Para entender o caso, o site Olhar Digital conversou com Matt Steinfeld, diretor de comunicação do WhatsApp que esclareceu a situação.

A Alegação da empresa é simples: Nenhuma mensagem é guardada em seus servidores e mesmo que armazenasse o aplicativo utiliza de criptografias que as mensagens só são desencriptadas quando chegam ao destino final. Ou seja, o WhatsApp não teria a chave para poder vê-las ou permitir que autoridades as vejam.

Isso é importante por vários motivos. Para o WhatsApp, é a garantia que pode oferecer aos usuários de que suas mensagens não serão interceptadas, por qualquer motivo, seja para o caso do cibercrime, seja para o caso de ciberespionagem governamental (de qualquer governo que seja).


Fonte: OlharDigital

Autor: Thiago Fernando Mariann / Alan Jr Heinz / Clérison Beschinock
 

Postado em: terça, 26 de abril de 2016