Limite de dados na internet banda larga: mais um 7 a 1 na conta dos brasileiros.

Limite de dados na internet banda larga: mais um 7 a 1 na conta dos brasileiros.

Limite de dados na internet banda larga: mais um 7 a 1 na conta dos brasileiros.

As principais operadoras de internet fixa do país anunciaram que passarão a limitar o acesso à rede em todos os seus planos, podendo cortar ou reduzir a velocidade da internet caso o limite de consumo previsto seja atingido. 
Para ficar claro o tamanho do prejuízo, basta analisar como já funcionam os planos de internet nos celulares: o consumidor sempre tem que ficar de olho no tempo que passou utilizando seus dados para não correr o risco de ficar o resto do mês sem internet. 
A Anatel, que deveria regulamentar esse tipo de situação, aplaude a ação das operadoras – um absurdo.
O crescimento do uso da internet significa o fim do monopólio da informação, em que todas as pessoas, de todas as classes, podem ter acesso a um conteúdo que antes era limitado aos interesses das grandes organizações. A atitude dessas operadoras pode invalidar, no mínimo, 20 anos de avanço, além de destoarem o Brasil do resto do mundo no que diz respeito ao acesso à informação – que é item básico para qualquer nação desenvolvida.
Estão nos extorquindo e limitando nosso livre acesso ao conhecimento e à cultura, tudo em uma tacada só. Mais uma vez, quem deveria defender nossos interesses na verdade é cumplice desse tipo de crime. 
O que nos resta é boicotar essas empresas e procurar nas operadoras menores a solução para o problema. É possível encontrar algumas empresas em nosso estado que não adotaram essa medida esdruxula. Cabe a nós cobrarmos para que elas continuem oferecendo planos justos, pois a internet é mais um exemplo de como as coisas deveriam ser: livres e para todos. 
Fonte: Opiniões de Rodrigo Pereira de Miranda

Autor: Thiago Fernando Mariann / Alan Jr Heinz / Clérison Beschinock
 

Postado em: terça, 26 de abril de 2016