Celulares e notebooks sobem até 79% com o fim da Lei do Bem

Celulares e notebooks sobem até 79% com o fim da Lei do Bem

Celulares e notebooks sobem até 79% com o fim da Lei do Bem

No ano de 2015 a maioria das propagandas em lojas de eletrônicos trazia os dizeres - garanta o melhor preço antes do aumento dos impostos - pois bem, os impostos aumentaram agora no início de 2016, e parte desse aumento tem a ver com o fim da Lei do Bem, que isentava o PIS e Cofins de diversos produtos eletrônicos fabricados no país e em alguns casos vimos aumentos significativos que chegaram em até 79%.

O serviço online de comparação de preços ZOOM, registrou o preço do Smartphone Xperia Z3 Compact em 7 de dezembro de 2015 e 1 de fevereiro de 2016, onde o mesmo, saltou de R$ 1099,00 para R$ 1931,40 – praticamente 80% a mais. No segmento de notebooks não foi diferente, por exemplo a DELL aumentou o valor dos produtos em mais de 20% em 2016.

Criada em 2005 primeiramente para estimular a produção nacional de computadores e com o tempo outras categorias, como notebooks, tablets e telefones móveis, a Lei do Bem tinha alguns critérios, onde smartphones deveriam ser produzidos em território nacional e custar até R$ 1.500,00 e vir com um pacote mínimo de aplicativos desenvolvidos no pais. Para computadores o limite era de R$ 8.000,00.

A Lei do Bem tinha término programado para 2014, sendo que, o governo prorrogou suas medidas até o fim de 2018, mas devido à crise financeira uma medida provisória encerrou o programa.

Fonte: TechTudo

Autor: Thiago Fernando Mariann / Alan Jr Heinz / Clérison Beschinock
 

Postado em: terça, 26 de abril de 2016