Desça para descobrir
Voltar para Home

10 termos de uso do Facebook Messenger que vão deixar você boquiaberto

 08/08/2014

É provável que boa parte das pessoas não se deem conta do quão ameaçadoras essas cláusulas possam parecer, simplesmente pelo fato dos termos não serem lidos com a sua devida atenção. Por este motivo, o site de notícias Huffington Post publicou a lista completa de permissões de acesso que o Facebook Messenger possui para extrair informações do aparelho sem qualquer intervenção do usuário. Confira os itens relevantes!

  • Permissão para o aplicativo alterar o estado de conexão com a rede;
  • Permissão para obter o acesso aos números de telefone da lista sem a sua intervenção. Este recurso pode ocasionar cobranças de taxas adicionais sem a necessidade de confirmação;
  • Pemissão para o aplicativo enviar mensagens SMS sem a necessidade de confirmação;
  • Permissão para gravar sequências de áudio com o microfone. Esta permissão garante que o app salve esta informação a quaquer momento sem a necessidade de confirmação;
  • Permissão para tirar fotos e vídeos com a câmera. Esta permissao permite utiliza  a câmera a qualquer momento sem a necessidade de confirmação;
  • Permissão para acessar todos o histórico de ligações de seu aparelho, incluindo as chamadas que você efetuou e recebeu. Esta permissão apenas cria arquivos de logs no aparelho, mas outros apps maliciosos podem acessar essas informações sem o consentimento do usuário;
  • Permissão para acessar informações referentes aos seus contatos, incluindo a frequência que você se comunica através de emails e outras formas de contato;
  • Permissão para acessar as suas informações perssoais que estão armazenadas no aparelho, como o nome e informações de contato. Isso significa que o app pode identificá-lo e enviar suas informações à outras pessoas;
  • Permissão para acessar os recursos de ligação de seu aparelho. Esta permissão possibilita que o app descubra até mesmo o seu número telefônico;
  • Permissão para obter as listas de contas conhecidas no telefone, incluindo qualquer conta que foi criada por aplicativos que você instalou.

Fonte: The Huffington Post, Google, TecMundo